Mapa de risco - Por Concelho

A estratificação do risco, neste caso, através de um Mapa de Risco, permite a adoção de medidas específicas tendo em conta o momento que cada concelho passa, tendo em conta o crescimento de casos, densidade populacional e concelhos limítrofes daqueles onde a situação se apresenta numa situação mais delicada. Nesta página poderá encontrar um mapa indicativo dos concelhos onde o risco se apresenta elevado, as medidas a adotar para esses concelhos, as medidas gerais para todos os concelhos e ainda a evolução, a 14 dias, do acumulado de novos casos, por 100 mil habitantes.

  • O Governo de Portugal adotou um acumulado de casos, em 14 dias e por 100 mil habitantes, como critério para considerar os concelhos como estando em Risco Elevado. O limite é de 240 ou mais casos por 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias.
  • Por determinação do Governo de Portugal - Seguindo os critérios determinados pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), distinguiram-se quatro níveis de gravidade da pandemia:
    • Moderado: Concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias;
    • Elevado: Concelhos com um número de casos entre 240 e 479 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias;
    • Muito elevado: Concelhos com um número de casos entre 480 e 959 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias;
    • Extremamente elevado: Concelhos com mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Os critérios presentes nesta estimativa podem ser alterados aquando de novas informações que o justifiquem.

NOTA: Neste momento, o Mapa de Risco encontra-se igual ao oficial por parte do Governo de Portugal devido à falta de divulgação da distribuição dos casos por concelho.

Medidas a adotar

Medidas gerais

  • Distanciamento físico
  • Lavagem frequente das mãos
  • Uso obrigatório de máscara
  • Etiqueta respiratória
  • App Stayaway COVID
  • Confinamento obrigatório para doentes com COVID-19 e pessoas em vigilância ativa
  • Casamentos e batizados limitados a 50 pessoas
  • Outros eventos e celebrações limitados a 5 pessoas, salvo se do mesmo agregado familiar
  • Cerimónias religiosas, segundo as regras da DGS
  • Estabelecimentos comerciais com lotação máxima indicativa de 0,05 pessoas por m2
  • Horário de encerramento dos estabelecimentos comerciais entre as 20h00 e as 23h00, por decisão do presidente da câmara municipal mediante parecer favorável das autoridades locais de saúde
  • Restaurantes: Acesso do público até às 00h00 e encerramento às 01h00. Lotação limitada a 50%, grupos limitados a 5 pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar. 4 pessoas nos estabelecimentos até 300 metros de uma escola e nos food-courts de centros comerciais. Marcação prévia obrigatória.
  • Proibida a venda de bebidas alcoólicas em áreas de serviço, e, a partir das 20h00, em qualquer loja
  • Proibido o consumo de bebidas alcoólicas na via pública
  • Veículos particulares com lotação superior a 5 lugares apenas podem circular com 2/3 da lotação, salvo se do mesmo agregado familiar.

Medidas Concelhos Alto Risco

  • Dever cívico de recolhimento obrigatório
  • Contacto social – eventos e celebrações limitados a 5 pessoas, salvo se do mesmo agregado familiar
  • Teletrabalho obrigatório – Na impossibilidade de teletrabalho, obrigatoriedade de desfasamento de horários
  • Horário de encerramento dos estabelecimentos comerciais às 20h00. Excepto: Take away, farmácias, consultórios e clínicas, funerárias, postos de abastecimento e rent-a-car
  • Restaurantes – Encerramento até às 22h30. 6 Pessoas no máximo, exceto se do mesmo agregado familiar
  • Distanciamento físico
  • Lavagem frequente das mãos
  • Uso obrigatório de máscara
  • Etiqueta respiratória
  • App Stayaway COVID
  • Confinamento obrigatório para doentes com COVID-19 e pessoas em vigilância ativa
  • Outros eventos e celebrações limitados a 5 pessoas, salvo se do mesmo agregado familiar
  • Cerimónias religiosas, segundo as regras da DGS
  • Estabelecimentos comerciais com lotação máxima indicativa de 0,05 pessoas por m2
  • Proibida a venda de bebidas alcoólicas em áreas de serviço, e, a partir das 20h00, em qualquer loja
  • Proibido o consumo de bebidas alcoólicas na via pública
  • Veículos particulares com lotação superior a 5 lugares apenas podem circular com 2/3 da lotação, salvo se do mesmo agregado familiar.

Medidas a implementar com a renovação do Estado de Emergência às 00h00 de 24 de novembro

  • Proibição de circulação inter-concelhia nos seguintes períodos:
    • entre as 23h00 de 27 de novembro e as 5h00 de 2 de dezembro
    • entre as 23h00 de 4 de dezembro e as 5h00 de 9 de dezembro
  • Tolerância de ponto e suspensão das atividades letivas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro.
  • Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho

Medidas a implementar nos concelhos de risco elevado, com a renovação do Estado de Emergência às 00h00 de 24 de novembro

  • Manutenção da proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 5h00;
  • Ação de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório;
  • Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho
  • Proibição de circulação inter-concelhia nos seguintes períodos:
    • entre as 23h00 de 27 de novembro e as 5h00 de 2 de dezembro
    • entre as 23h00 de 4 de dezembro e as 5h00 de 9 de dezembro
  • Manutenção dos horários dos estabelecimentos (22h00, salvo restaurantes e equipamentos culturais às 22:h30)

Medidas a entrar em vigor nos concelhos de risco muito e extremamente elevado, com a renovação do Estado de Emergência às 00h00 de 24 de novembro

  • Manutenção da proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 5h00;
  • Manutenção da proibição de circulação na via pública aos sábados e domingos entre as 13h00 e as 5h00;
  • Proibição de circulação na via pública nos feriados de 1 e 8 de dezembro entre as 13h00 e as 5h00;
  • Nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro os estabelecimentos comerciais encerram às 15h;
  • Ação de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório;
  • Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho.

Os mapas presentes em seguida, também eles de risco, apresentam-se do seguinte modo:

  • Mapa de Risco a 7 dias, sendo o fator limitante os novos casos, por 100 mil habitantes, iguais ou superiores a 120. Tendo em conta a periodicidade semanal da divulgação dos dados, é assim possível uma outra análise à evolução por concelho.
  • Mapa de Risco que envolve as últimas 3 semanas de dados conhecidos. É feito através do Fator de Crescimento, entre o somatório dos novos casos, por 100 mil habitantes, da última e penúltima semana com o somatória da penúltima e antepenúltima semana. Deste modo, é possível verificar, numa análise quinzenal, como tem evoluído o crescimento de casos em cada concelho. 
    • Fator de Crescimento < 1 – Indicativo de uma diminuição de novos casos. Exemplo: Fator de Crescimento = 0,5 – Novos casos diminuíram em 50% relativamente aos 14 dias anteriores.
    • Fator de Crescimento > 1 – Indicativo de um aumento de novos casos. Exemplo: Fator de Crescimento = 10 – Aumento de casos em 10 vezes comparado com os anteriores 14 dias em análise.
  • Mapa de Risco a 7 Dias
  • Mapa de Risco - Fator de Crescimento

APOIE ESTE PROJETO

Apoie esta iniciativa individual que permite acompanhar a COVID-19 em Portugal, no projeto mais completo no país. O seu apoio ajudará a manter o desenvolvimento deste espaço e a qualidade da informação partilhada diariamente.

965 507 363           Paypal

Facebook

Siga-nos e fique a par de toda a informação

Aqui
Voltar ao topo