A Direção Geral de Saúde apresentou hoje os números correspondentes à atualização da situação epidemiológica no território português para a COVID 19.  Estiveram presentes Diogo Cruz, Sub-Diretor Geral da Saúde e António Lacerda Sales, Secretário de Estado da Saúde.

Para finalizar o mês de Março, mês marcado pelo aparecimento do primeiro caso confirmado de COVID 19 no nosso país, os números divulgados demonstram um total de 1035 novos casos (16,1%), num total de 7443 confirmados no nosso país. Este aumento vem após dois dias de quebra.

O número de óbitos chega hoje aos 160, um acréscimo de mais 20, representando um crescimento de 14,2%. A taxa de fatalidade é agora de 2,14%. Nas pessoas com 70 ou mais anos a taxa de letalidade é de 8,1%.

Ao fim de 5 dias, Portugal mantém apenas 43 casos recuperados, não seguindo ainda a tendência mundial de um crescimento no número de casos recuperados. De ressalvar a necessidade de 2 testes consecutivos negativos para a presença de partículas virais num período de 24 horas de forma a confirmar um caso como recuperado. António Lacerda Sales indicou que o COVID 19 é uma doença de convalescença lenta e, devido ao tratamento do maior número de casos em casa, há um hiato superior na comunicação de recuperados.

Aguardam resultado laboratorial 4610 pessoas. O número de internados é de agora 627 doentes, 188 deles nos cuidados intensivos, um aumento de 24 pessoas em relação ao dia de ontem.

Em caso de apresentar sintomas coincidentes com os do vírus (febre, tosse, dificuldade respiratória), as autoridades de saúde pedem que não se desloque às urgências. Ligue para a Linha SNS 24 (808 24 24 24).

Número de casos em Portugal é agora de 7443
Voltar ao topo